Reduzir o Colesterol Diminui o Risco de Doenças Cardiovasculares

Reduzir o Colesterol Diminui o Risco de Doenças Cardiovasculares

Image

As doenças do coração são as principais causas de morte no Brasil, segundo a Organização Mundial da Saúde, por isso, quando o assunto é colesterol, é preciso levar o assunto a sério e tomar todos os cuidados para controlá-lo no organismo, afinal, o colesterol não é ruim, como muitos acham, ele auxilia na produção dos hormônios, cérebro, membranas celulares e no DNA, mas o excesso dessa substância no corpo pode causar doenças cardiovasculares, como o derrame e o infarto.


Para começarmos entender um pouco melhor sobre o assunto, precisamos saber que existem dois tipos de colesterol o LDL e o HDL, quando os níveis do LDL estão elevados, ele se acumula nas veias, o que dificulta a passagem do sangue até o entupimento, levando aos problemas cardiovasculares.


O colesterol é um tipo de gordura (lipídio) produzido pelo organismo, que desempenha funções essenciais como a produção de hormônio.


Nosso sangue transporta colesterol de duas formas básicas: o LDL, Lipoproteinas de Baixa Densidade que é responsável pelo transporte de colesterol, produzido pelo fígado, para as células, onde serão utilizadas. É conhecido como ruim por entrar nas artérias e provocar o entupimento. Se existir excesso de LDL na circulação, sem aproveitamento pelas células, aumenta o risco de aterosclerose (entupimento das artérias pela gordura). Por isso o LDL é chamado de "mau" colesterol.


Já o HDL, Lipoproteinas de Alta Densidade (HDL), é conhecido como bom, porque retira o excesso de colesterol das artérias, impedindo seu depósito e diminuindo a formação da placa de gordura. É responsável por retirar o excesso de colesterol da circulação, levando de volta para o fígado. Por essa função, ele é considerado como "bom" colesterol.


Um dos motivos da alteração dos níveis de colesterol é o consumo excessivo de gordura saturadas e gordura trans, presentes em alimentos de origem animal, como carnes, ovos, derivados do leite, além de produtos ultraprocessados como biscoitos, margarina, salgadinhos de pacote, comidas congeladas, bolos prontos e sorvete.


Mesmo quem não costuma comer muitos alimentos industrializados e gordurosos pode ter problemas com o colesterol. Além desses fatores, a hereditariedade pode determinar um colesterol alto mesmo em pessoas de hábitos saudáveis.

Image

Porque o Colesterol Aumenta?

Vários fatores contribuem para os aumentos dos níveis de LDL, como a má alimentação, o sedentarismo, cigarro, obesidade e álcool.


O colesterol está presente na estrutura das membranas celulares, fundamental para o bom funcionamento do nosso organismo e está presente no:


Fígado;

Nervos;

Coração;

Intestinos;

Pele;

Cérebro;

Músculos.

O nosso organismo produz no fígado, cerca de 70% de todo colesterol. O que comemos é responsável pelos outros 30%.


70% do colesterol produzido pelo nosso corpo é usado para originar alguns hormônios, como:


Vitamina D;

Cortisol;

Estrógeno;

Testosterona;

Ácidos biliares (possuem um papel importante na digestão das gorduras).

Quando consumimos alimentos com alto teor de gordura, o fígado produz mais colesterol do que o necessário e isso ocasiona a alteração do nível normal para um que não é saudável.


Lembrando, que tanto as altas taxas de colesterol quanto as muito baixas são prejudiciais para a saúde.

Image

Cuide da Sua Alimentação

Procure ingerir alimentos com baixa gordura saturada, dê preferência para leite desnatado e carnes magras.

Acrescente fibras, cereais e grãos em sua alimentação, frutas e hortaliças também são importantes.

A substância chamada fioesteróis, presentes em frutas, hortaliças e frutas, ajuda na diminuição do colesterol.

Atividades físicas

Além de ajudar a controlar o peso, as atividades físicas ajudam no aumento do HDL, “colesterol bom”, diminui o LDL e os triglicerídios.


Não fume


O cigarro causa inúmeros males à saúde, mas no caso das doenças cardiovasculares, estreita as veias, diminuindo o espaço para o sangue passar, além de diminuir a oxigenação sanguínea.


Faça exames regularmente com o seu cardiologista, tenha uma alimentação saudável e faça exercícios físicos.


O colesterol deve estar no radar de todos. Você está controlando o seu?


Visite nossas redes sociais! Estamos no Facebook, Instagram e YouTube.


Cuide da Sua Saúde! ♡